Mais um crime de homicídio na cidade de Baixa grande

Sábado 24/07/2015 por volta das 01h00 moradores do bairro quadra k ouviram um disparo de arma de fogo, mas ninguém saiu para verificar, pois todos ficaram aterrorizados.

Só pela manha alguns moradores que pediu pra não  ser identificado encontrou o jovem Eduardo oliveira lima 27 anos morto no varandado de sua residência, com um disparo de arma de fogo na cabeça.

As policias; Militar e a Policia civil foi acionada que está no local pra fazer o levantamento cadavérico.

O homicídio é a principal causa de mortes não naturais e violentas entre os jovens na cidade da Baixa Grande. 

O aumento da violência entre pessoas dessa faixa etária demonstra a omissão da sociedade e do Poder Público em relação aos jovens.

Pagamentos para cargos comissionados em Baixa Grande soma R$260 mil por mês

Com pouco mais de 20 mil habitantes e distante 252 km da capital baiana, Baixa Grande é uma cidade de cantos e encantos, famosa por uma micareta de cidade grande recententemente podemos observar a gigantesca festa de rua organizada pela prefeitura, com atrações inclusive daquela que é a maior festa de rua do planeta, o Carnaval de Salvador. Entre as atrações estava a banda Psirico que teve uma de suas musica como a melhor do carnaval 2015.

Pois é, nem tudo na cidade é cantos nem tudo é encantos. Isso porque a festa acontece o ano todo no quesito SUPER SALÁRIOS de funcionários de alto escalão da prefeitura. Uma pequena consulta de no junto ao TCM-BA, podemos ver que os pagamentos para funcionários comissionados da prefeitura no mês de maio/2015(último mês informado pelo gestor ao TCM), chegou a o valor considerado abusivo quando levamos em conta o tamanho da cidade, o valor foi de R$260.233,21 para um total de 107 pessoas. Entre a quantidade de pessoas por cargo, o que mais chamou a atenção foi a quantidade de diretores(a), foram um total de 17 pessoas que ocuparam esse cargo no mês maio, alguns com o salários acima de R$3 mil mensais. Confira abaixo algumas das principais renumerações.

Apesar de pequena, Baixa grande tem uma receita bruta anual de R$38 milhões e sua população ainda enfrenta problemas com os serviços prestado pela prefeitura municipal considerados básicos, como; infraestrutura, educação e saúde.

confira abaixo os últimos números informado pelo gestor ao TCM.

Os números informados aqui estão disponível em http://www.tcm.ba.gov.br/, lá é possível vê-los com maiores detalhes e precisão por qualquer pessoas e em qualquer lugar, só é preciso ter acesso a internet.

Fonte: www.g1ipira.com.br

Servidores do poder judiciário do estado da Bahia pode entra em greve por tempo indeterminado

A diretoria executiva   do sindicato dos servidores do poder judiciário do estado da Bahia - SINPOJUD  - no uso de suas atribuições legais previstas nos ars. 17 e 18 do estatuto, convoca assembleia geral Extraordinária com paralisação, para o dia 24 de julho de 2015 ( sexta-feira ) ,ás 09;00 horas, em 01 convocação e as 09;30 horas em 02 convocação, a ser realizada no auditório do ginásio de esporte dos bancários, situado na rua sete de setembro, no 1001, mercês, Salvador Ba, com a seguinte ordem do dia 01 -discussão, aprovação ou não do indicativo de greve por tempo indeterminado no judiciário, face ao não pagamento da reposição salarial de 6.41% e dos 5 restante do plano de cargos e salários 2- informações Maria José da Silva, diretora presidente. Salvador 17 e julho de 2015

Prefeitura de Baixa Grande proibiu barraqueiro de outra cidade vender roupas em dias normais

A Secretaria Municipal de Obras e infra-estrutura e o agente administrativo Raul na companhia da Policia Militar realizou uma varredura na feira livre em desfavor dos barraqueiros na cidade de Baixa Grande, é bom que revejam essas ações pra ver se está dentro dos critérios da Lei. O nunca teve um cadastramento de ambulantes na cidade na administração Pedro Lima Neto.

Toda a atividade econômica exercida em espaço público deve ser respeitada principalmente a pratica da feira livre uma vez que, a população de Baixa Grande se identifica com esse tipo de comercio, pois faz parte da cultura do povo comprar no shop chão como é chamado por muitos, e proibir os barraqueiros de vender em Baixa Grande só apenas vai forçar a população comprar caro nas lojas, e a nossa população é uma população de Baixa renda aí fica a pergunta esse tipo de ação agrada a quem, a população ou a meia dúzia de comerciantes?

A ordem era para proibido vendas em dias que não seja no sábado, ou seja, dia da feira livre por existir um decreto municipal. O site www.acordabaixagrande.com.br esteve no local e em uma conversa com o agente administrativo o senhor Raul questionou porque o agente não estava com uma copia em mãos desse decreto municipal para mostrar os barraqueiros, o site acordabaixagrande.com em conversa com alguns barraqueiros sobre o acontecido os mesmos afirmaram que quem deve está por traz dessa ação infeliz só poderia ser alguns donos de lojas.

Se a cultura é do povo, então ela tem de ser levada até o povo.

É importante para podermos entender os processos históricos os quais vivem a humanidade, e dentro da paisagem da feira livre podemos observar diversas manifestações culturais que retratam o modo de viver  das pessoas e mudar essa cultura é matar uma parte da historia de um povo e necessário que a administração atual não cometa um crime contra a nossa cultura e a nossa historia.

Duas cidades no território de identidade Bacia do Jacuípe esta envolvida em escândalo do FUNDEB

 

As cidades de Capela do Alto Alegre e Mairi ambas pertencentes ao território de identidade Bacia do Jacuípe estão envolvidas no escândalo de desvios de recursos da educação via Fundeb, segundo informou a Polícia Federal, em coletiva desta segunda-feira (13). O rombo desviado supera os R$ 57 milhões. Ao todo, 25 cidades foram alvos de mandados de busca e apreensão na Operação Águia de Haia. São elas: Salvador, Camaçari (no distrito de Guarajuba), São Domingos, Ruy Barbosa, Água Fria, Capela do Alto Alegre, Mairi, Feira de Santana, Buerarema, Ilhéus, Itabuna, Camamu, Una, Ibirapitanga, Camacan, Mirangaba, Uauá, Teixeira de Freitas, Paramirim, Livramento, Cotegipe, Nova Soure, Itapicuru, Cipó e Ribeira do Pombal. A polícia federal se recusou a dizer quais dessas cidades tinham irregularidades, para não prejudicar as investigações.

Os delegados federais Fernando Bebert e Fábio Muniz afirmaram, nesta segunda-feira (13), que têm “certeza” da participação dos prefeitos e secretários de Educação no esquema que desviava recursos do Fundeb – fundo de verba da educação. Durante coletiva realizada na sede da Superintendência da Polícia Federal em Salvador, os delegados informaram que foram cumpridos mandados de busca e apreensão em  25 são baianos. Na primeira fase da Operação Águia de Haia, foram identificados contratos fraudulentos que envolvem até R$ 57 milhões. “Os projetos licitatórios eram completamente fraudados, desde a licitação até o edital. Nós temos certeza da participação dos prefeitos, dos secretários de Educação e do pregoreiro”, disse Muniz. As investigações apontam que os contratos já chegavam “prontos” para serem assinados. O fluxo de dinheiro saía das prefeituras para as empresas, e então para os intermediários, que aliciavam as prefeituras. De acordo com o delegado, ainda não houve prisão efetivada de prefeitos ou parlamentares e, por causa do sigilo da operação, os nomes não serão divulgados. Os empresários presos moram na Bahia e Minas Gerais.

Fonte: www.baciadojacuipe.com.br

O Delegado de Policia Drº. Almir Góes Fala sobre a prisão de um individuo por estupro de vulnerável

_

Vereador de Baixa Grande tenta criticar comissão da Copa Jacuípe dá show em desconhecimento da política territorial

_

_

Atitudes como esta do Vereador deixou os atletas confusos e foi inserido um clima de políticas partidárias entres os mesmo e podem fazer com que a seleção que era líder do grupo ficar de fora na próxima fase pela Copa Jacuípe de Futebol sub-20

O Vereador de Baixa Grande, Aurenival Tavares de Matos (PSD), deu um show de ignorância do que é politico territorial na sessão da Câmara da última quinta-feira, 09 de julho de 2015, o parlamentar disse que estava descontentamento com a maneira como a seleção de Baixa Grande está sendo tratado na Copa Jacuípe de Futebol, em suas fala ele menciona o nome Bacia do Jacuípe como uma organização e disse que é uma decepção.

Os territórios de identidade foram criado em 2004 com objetivo de identificar prioridades temáticas definidas a partir da realidade local, possibilitando o desenvolvimento equilibrado e sustentável entre as regiões, na Bahia são 27 Territórios de Identidade, constituídos a partir da especificidade de cada região. O município de Baixa Grande faz parte do território da Bacia do Jacuípe, ao todos são 14 município e dois estão sendo votados nas Câmaras de Vereadores e serão inseridos em breve, indo a 16 municípios o que trás fortalecimento e mais força na busca de benefícios consorciados. O Vereador que usa o slogan “Da saúde cuido eu” talvez nem saiba que existem duas ambulância no pátio da prefeitura de Ipirá, estas ambulâncias são destinadas para atender os município de Ipirá, Baixa Grande, Pintadas e Serra Preta, no entanto o parlamentar nunca reclamou o porque deste veículos estão parados deixando à população baixa-grandense recebendo saúde de migalhas.

Definição: Mapa Bacia do JacuípeO território é conceituado como um espaço físico, geograficamente definido, geralmente contínuo, caracterizado por critérios multidimensionais, tais como o ambiente, a economia, a sociedade, a cultura, a política e as instituições, e uma população com grupos sociais relativamente distintos, que se relacionam interna e externamente por meio de processos específicos, onde se pode distinguir um ou mais elementos que indicam identidade, coesão social, cultural e territorial.

Território de identidade Bacia do Jacuípe: Baixa Grande, Capela do Alto Alegre, Gavião, Ipirá, Mairi, Nova Fátima, Pé de Serra, Pintadas, Quixabeira, Riachão do Jacuípe, São José do Jacuípe, Serra Preta, Várzea da Roça e Várzea do Poço. Em breve serão inseridos os municípios de Capim grosso e Serrolândia.

Fonte: www.baciadojacuipe.com.br
Autor(a): Ediomário Catureba

Noite de terror em Baixa Grande, Mercadinho assaltado, tentativa de rouba de moto e um baleado

A noite de sábado, 11 de julho de 2015, deixou um saldo até agora de três crimes na cidade de Baixa Grande. No Prodecoo, dois homens armado assaltaram um mercadinho por volta das 21hs de ontem, segundo proprietário, quando fechava o comercio, havia quatro pessoas dentro e alguns sentado na frente, mesmo assim os criminosos não se intimidaram e com armas em punhos anunciaram, o assalto levando o dinheiro do caixa. Houve uma tentativa de roubo de moto próximo ao Posto Brasil e um baleado no Bairro Quadra Q.

Há menos de uma semana pra Micareta, o medo toma conta da População, são vários assassinato e nenhum desvendado, rixas entre organização criminosas em bairros diferentes.

Fonte: Bacia do Jacuípe

teste3

teste3

teste2

teste

Sub-categorias

Informações Adicionais