Pré- candidato a vereador Humberto Suzart declara apoio ao pré- candidato a prefeito Gilvan Rios e é vetado pelo Presidente Hélio Araujo Gonçalves

_

Quinta feira por volta das 10h00 no povoado de italegre aconteceu à sessão itinerante da Câmara de Vereadores de Baixa Grande. Estavam presentes diversas autoridades: O prefeito Pedro Lima Neto, o secretario de educação Fabrício, o ex. vereador Márcio Azevedo, e Ivabergue Teixeira, o tenente da policia militar Antônio Cerqueira, e o gerente da agencia do banco do Brasil de baixa grande.

O presidente da câmara Hélio Gonçalves de Araújo Junior autorizou o primeiro orador escrito o assessor da deputada Fabíola Mansur Humberto suzart que começou cometendo uma garfe ao se dirigir ao presidente da câmara chamando de presidente bengo, em seguida saudou o prefeito Pedro Lima Neto, saudou o ex. prefeito e como futuro prefeito Gilvan Rios. O presidente Hélio  advertiu o lembrando que só poderia fala o que está escrito.

Coisas assim me dão a certeza que muitos dos políticos de hoje são descontrolados, despreparados para o debate, sem vocabulário e, sobretudo, sem a educação para o cargo que pretende ocupar. Um político precisa ser versado na arte das palavras e preparado para diante do debate não perder a compostura. Não é bom para a cidade, termos pessoas que nos representem sem compostura, só a arte de esbravejar, criar alardes, etc.

É preciso ter consciência que quando ocupamos um cargo ou pretendemos ocupar (seja ele qual for) estamos representando alguém. Um vendedor representa a empresa na qual trabalha. Se ele grita com um cliente, ele não suja apenas seu nome. Suja o nome da empresa na qual trabalha. Um político representa o povo que votou nele. Se o político é despreparado para o cargo que ocupa, significa que todos os eleitores que votaram nele serão mal representados.

 

Quatro dias após sofre fratura na femoral jovem vem a óbito na cidade de baixa grande

Quarta-feira 26/08/2015  quatro dias depois de sofre uma fratura na femoral o jovem Edilson Vieira Santana conhecido por patichor   veio a óbito no hospital maternidade Miltom Ribeiro Paponet.

segundo familiares o jovem estava cortando capim em um terreno baldio no bairro tapete e tentou pular uma cerca e caiu sentindo muitas dores na perna, populares que estava no local colocaram o jovem em cima de uma porta e levaram para o hospital maternidade Miltom Ribeiro Papone e foi constatado uma fratura na femoral.

As informações de familiares que o jovem Edilson estava sentindo muitas dores por conta da fratura.  A família afirma que o jovem foi esquecido pelo pode publico de Baixa Grande e morreu como se fosse um  cachorro.

 Esse foi um desabafo da família, humilde que residem na Rua conhecida como rua do curral

Policia prende homem após furtar loja em baixa grande

_

_

Quarta feira por volta das 9h00 o Bel. Almir Góes recebeu uma denuncia que um individuo tinha furtado uma loja de roupa na Rua David Saback.

 Após algumas informações sobre as características do indivíduo a policia civil acompanhado da guarda civil municipal efetuo a prisão do individuo identificado por José Alves de Melo vulgo lançeteiro. Segundo o acusado ele estava morando na cidade de Irecê é estava de passagem e resolveu furta a loja. Após lavrar o fragrante Jose Alves de Melo foi em caminhado a cadeia publica e está à disposição da justiça.  

Uma parte do meu grupo político deve fazer uma revolução burguesa em Baixa Grande

A antipatia começou aqui no meu grupo políticos são promovidos os festejos da imbecilidade com monte pessoas ultrapassada e é por isso que sempre perde em todo ano de eleição e mais, e cai na antipatia popular quando criar os grupos separatistas fingindo que está comemorando aniversário ou outras coisas do gênero e na verdade tudo isso é apenas um pano de fundo, e simplesmente estão comemorando já uma suposta vitoria das eleições de 2016 com alguns convidados nem ganharam e já excluindo o povão. Que estratégia política há nisso?

Essas idéias só podem ser de pessoas que não tem um voto se quer, ou então de pessoas caquéticas e ultrapassadas. Como já disse aqui, acho muito bom que os posicionamentos e insatisfações estejam escancarados. Porque tapar uma ferida com um bom curativo não basta para ela curar. Ela precisa ser analisada, limpa e tratada. E isso vai demandar muito diálogo e paciência, de todos os lados. Pois é democrático discordar do posicionamento do outro. O que não é democrático é querer o excluir as pessoas que pregam certos posicionamentos simplesmente para se sentirem fortes.

 No meu grupo há várias pessoas mal intencionadas, uma delas é aquele que auto se intitula articulador políticos no qual goza da sensação de conforto trazida pelo sentimento de pertencimento a um grupo que pensa que já ganhou e agora é hora de excluir aqueles que não são sangue puro e não compactua com atitudes burguesas.

Será mesmo que estão preparados para governar a nossa cidade?

Por Guerreiro

Associação da comunidade da Boa horas conhecida como ( lagoa do mandu) está realizando diversos cursos

Sexta-feira por volta das 11h00 na comunidade da Lagoa do Mandu o presidente da Associação da comunidade da Boa hora Adelson Lima dos Santos conhecido por titica apresentou os cursos  que associação com a parceria com SENAR e sindicato Rural de Baixa Grande. Esforço da própria associação para Inserir pessoas no mercado de trabalho.

Vale ressaltar que esses cursos é livre e não tem indicação política e nem partidária é o povo evoluindo.   

População de Baixa Grande se organiza para fazer limpeza do cemitério, pois o prefeito abandou os vivos e mortos

Quinta-feira por volta das 11h00 o site www.acordabaixagrande.com.br e o site www.vejabaixagrande.com.br  se uniu para tomar essa providência para organizar esse mutirão para fazer a limpeza do cemitério e está convidando toda população que traga carro de mão. Enxada, par e rastelo. O número de pessoas que deu o nome para participar da limpeza do Cemitério Municipal de Baixa Grande surpreendeu, os blogueiro estão se reunindo para marcar o dia da faxina em todo cemitério. Começa a aumentar. Pais, mães, filhos, sobrinhos, sogras, afilhados, ou seja, os parentes em geral se organizam para fazer limpeza aos túmulos dos entes queridos mortos.

Segundo o coveiro o cemitério do município,  a movimentação dobrou nos últimos dias. Uma destas pessoas que aproveitou para cobrar a limpeza dos túmulos dos parentes.

Mãe de família quebra a perna em obra da prefeitura

Terça-feira por volta das 9h00 familiares da senhora Maridete Fernandes Pessoa 53 anos conhecida por piler procurou o site www.acordabaixagrande.com.br pra fazer uma denuncia sobre o total abandono que sua mãe está passando após sofre uma queda em uma obra da prefeitura de Baixa Grande na Rua Agripino Fontoura em frete ao estádio Amado Fontoura.

Segundo familiares por volta das 17h00 a senhora Maridete passava pelo local onde escorregou em um paralelepípedo e caiu sentido muitas dores. Populares acionaram a ambulância que em caminhou ao hospital maternidade Miltom Ribeiro Paponet e em seguida a hospital na cidade de Rui Barbosa para fazer exame medico e constatou uma fratura na femoral e retornou ao hospital de Baixa Grande e está à espera da autorização da regulação para fazer a cirurgia.

 As informações de familiares é que já se passaram dez dias e sua mãe ainda está à espera. Nem o dono da empresa e nem o prefeito Pedro Lima Neto procurou a família pra prestar nenhuma ajuda.   

Vergonha: Sem vagas em cemitério, famílias enterram parentes em zona rural

Não ter onde cair morto é muito mais que uma expressão popular em Baixa Grande, município que fica a 250 km de Salvador - Ba e que possui mais de 20 mil habitantes. Com a capacidade do único cemitério da cidade esgotada, muitos famílias estão sendo obrigadas a enterrar os parentes na zona rural.

Enterros ou sepultamentos no cemitério, que fica na área montanhosa em Baixa Grande, só é possível para famílias que possuem covas ou sepulturas. As demais, precisam recorrer aos cemitérios localizados na zona rural ou em outros municípios, aumentando o trajeto do cortejo fúnebre, os custos e a insatisfação dos familiares.

É o que conta o parente de um dos falecido, que convive diariamente com o problema da falta de vagas no único cemitério público da cidade. “Este problema é antigo. Entra e sai prefeito e nada é resolvido. Baixa Grande cresceu bastante e precisa de um novo cemitério. Falo isso porque convivo diariamente com a frustração de dezenas de famílias, que além da dor da perda precisam se mobilizar para enterrar o parente em outra cidade ou na zona rural. O pior é que esse problema é sentido pelas pessoas mais humildes. Fato agravante já que devido a viagem os custos do enterro aumentam”, (um parente).

 Quanto mais distante o cemitério, mais caro fica e muitas famílias não têm condições de arcar com isso. Já fizemos enterros onde o pagamento foi feito com moedas e notas de R$ 2 doados por vizinhos tão carentes quanto a família. Por isso, um novo cemitério na cidade é mais do que necessário”, completa um parente.

Idoso é atropelado por ciclista na avenida 02 de julho em Baixa Grande

_

Terça-feira por volta das 10h00 próximo a prefeitura de Baixa Grande, segundo populares o senhor conhecido por Albertinho tentou atravessar a avenida 2 de julho e foi atropelado pelo motociclista que aparentava ser menor de idade.

Segundo populares acionaram a ambulância que prestou socorro e encaminhou o atropelado para o Hospital Miltom Ribeiro Paponet e em seguida transferido para o hospital da cidade de Rui Barbosa para fazer exame, e foi constatado varias fratura e foi transferido para o hospital Cleriston  Andrade na cidade de Feira de Santana. 

Diretores de escolas em Baixa Grande ganha mais que Secretários Municipais

Apesar de Baixa Grande está em terceiro lugar no ranque populacional na Bacia do Jacuípe, em termo de salário de alguns servidores alcança até o primeiro lugar. O salário dos Secretários Municipais (Assistência Social, Obras, Educação, Saúde, Finanças, Agricultura), é de R$ 5.010,00 enquanto o segundo maior município Riachão do Jacuípe este salário é de R$ 4.000,00, este valor é mais assustador quando se refere a salários dos diretores das escolas municipais, 9 dos 17 diretores recebe valores superiores ao salário do Secretário. Alguns chegam a receber valores acima de 6 mil. Enquanto a média salario de diretores em Mairi  é de R$ 3.291,84o município de Baixa Grande é de R$ 5.007,20.

Estes valores são aumentando quando são colocados encima do salário base, o Salário Vantagens e o Salário Gratificação normalmente dados aos servidores que ajudaram na campanha eleitoral.

É normal ver o gestor municipal reclamar dos gastos municipais, mais na prática esta longe de ser verdade uma vez que os salários gratificação dos servidores “petista” chega a R$ 60.029,44mensais, dinheiro este que deveria está sendo usandos para beneficio de toda comunidade e são usando para beneficio de pessoas ligado ao grupo político.

Veja abaixo os valores pagos aos diretores de escola em Baixa Grande

Fonte: www.baciadojacuipe.com.br 
Autor(a): Ediomário Catureba

Sub-categorias

Informações Adicionais